• gabriela saueia

barra do una :


no feriado, me convidei na maior cara de pau para uma viagem que um casal de amigas minhas ia fazer, tudo porque eu queria muito ver o mar (não tinha visto nenhuma vez esse ano e vezemquando é bem necessário para renovar as energias).

fomos acampar em barra do una, uma praia com 2km de extensão que fica perto de peruíbe. saímos de são paulo com o carro abarrotado de todas as coisas que precisaríamos (inclusive mantimentos, já que lá não tem muita coisa perto, então todo mundo já vai com tudo comprado).


quando vi que daria quase 4h para chegar, não acreditei muito, já que a estrada de terra tem 18km de extensão. porém, é isso mesmo. eu tinha lido que a estrada de terra era bem ruinzinha pra chegar, mas não imaginei que seria tanto. inclusive, se chover não dá para chegar com carro que não seja 4x4. demoramos 1h só nessa parte do percurso, tudo tremia e sacodia o tempo todo, umas horas achei que metade do carro fosse ficar na estrada, mas deu tudo certo e valeu MUITO a pena quando chegamos.

minhas amigas tinha escolhido o camping do lamarka (que é uma figura a parte, vale a pena conhecer, ele é muito engraçado) pra gente ficar. como chegamos com uma garoinha bem chata, que depois virou chuva e como não tínhamos toldo, fomos direto ver o mar, acho que praia em dia cinza tem todo seu charme também.


quando voltamos, montamos nossas barracas, arranjamos um toldo e demos uma organizada nas coisas, fizemos a janta numa churrasqueirinha e fomos felizes.

mesmo sendo no meio do feriado, o camping e a praia estavam bem vazios. mesmo quando o céu aberto, não tinha quase ninguém na praia e a gente montou nosso guarda-sol bem longe de todo mundo. ah! uma coisa que vale a pena falar é que venta bastante por lá - esse casal de amigas teve que sair correndo para pegar umas notas de taokeis que sairam voando (uma bela cena para um belo final de semana).


a praia é linda demais, atrás fica um costão de mata verde e olhando da areia não parece que existe uma estradinha de terra com os campings e quiosques entre a praia e a mata. parece que você tá na ilha de lost e não tem nada ao seu redor. o celular não pega, no nosso camping até tinha wifi, mas não chegava onde montamos nossas barracas e não era a melhor conexão do mundo - o que eu particularmente não achei ruim porque queria mesmo desligar de tudo.

não fizemos muita coisa porque, além de tudo, tínhamos um campeonato para jogar no domingo, então foi uma viagem mais para relaxar e esquecer um pouco dos problemas da cidade grande, mas dá lá da para fazer vários esportes, tem uma cachoeira que parece bem bonita numa entrada da estradinha de terra e também um mirante onde o rio e o mar se encontram (o mirante a gente viu de dentro do carro, mas a vista é linda mesmo!).

enfim, areia, mar, sol, céu azul (e com nuvens), vento no rosto e uma vista linda pro pôr do sol entre o mar e o verde. um belo lugar, uma bela viagem, uma paisagem incrível. barra do una é um lugar praticamente deserto, para você se conectar com você e a natureza e é um dos lugares que, com certeza, vou voltar.



#depoisdasseis #projetodepoisdasseis #barradouna #viagem #praiabarradouna #pordosol #naestrada

0 visualização
  • facebook
  • instagram
  • youTube
  • email