top of page
  • Foto do escritorgabriela saueia

sobre recomeços

bem-vindo 2024: que seja leve ✨ 


e é um grande clichê? sim, mas sinto que todas as coisas mais importantes pra mim ficaram de alguma forma em 2023 e achei que era fundamental retomar algo que sempre fez meu coração bater mais forte.


alguns dos pôres do sol mais especiais de 2023

ano passado, senti que fiz tudo no automático, que  estava apenas existindo no meio dos dias, deixei a rotina e minha cabeça levarem o melhor de mim.


inclusive… parando para pensar, estava fazendo exatamente o oposto de tudo que sempre prezei desde que comecei com o depois das seis. há quase 11 anos atrás.

por algum acaso ou destino da vida, acabei cruzando com esse vídeo aqui do junior, sobre uma entrevista da clarice lispector e como, pra ela, quando ela não estava criando, estava morta.


tal qual pro junior, também foi uma facada em mim porque descobri que é exatamente assim que me sinto por ter deixado algumas frustrações com o projeto me afastarem dele.


pouco tempo depois, em outro determinado momento, chegou até mim esse trecho do emicida:


quando os caminhos se confundem é necessário voltar ao começo

não sabe pra onde ir? tem que voltar pro começo

pra não perder o rumo não pode esquecer do começo

cê entende que assim é verdadeiro?

que cada dia que se vive é o último e o primeiro


e, no meio do turbilhão da vida, decidi que estava na hora d’eu voltar pra um dos meus começos. de voltar a perceber que existe muito mais beleza do que eu mesma tenho conseguido ver — e cá estamos.


acredito que é quebrando antigos padrões que a gente constrói novos hábitos, mesmo que sejam velhos-novos-hábitos (tudo sempre pode ser de um jeito diferente, porque tudo já é diferente), e sinto que preciso disso.


nada melhor do que o começo do ano  —  o maior clichê do mundo sobre recomeços  —  pra… recomeçar.


pra relembrar, de novo e de novo — e quantas vezes forem preciso — o quanto é importante olhar o céu e perceber que tem sempre um pôr do sol pra mostrar que são dias e dias e dias,

sempre são,

sempre vão ser.


vem de mansinho, 2024 ✨




em memória do thorz, obrigada por ser meu melhor companheiro de vida.

sempre vou lembrar de você quando olhar pro céu e ver o pôr do sol <3

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page