• gabriela saueia

desde 01.03.2013 até hoje

seis anos já de depois das seis. já!


é muito louco porque tudo começou despretensiosamente e hoje é grande parte dos meus dias. lembro de fotografar algumas vezes e me dar conta que o céu era diferente todo dia durante o entardecer. as cores sempre nunca ficavam iguais, tudo sempre estava em constante mudança. foi com o projeto que comecei a dar mais valor as coisas por causa da efemeridade delas, a aprender a aproveitar o momento, mesmo que o momento não seja dos melhores.


por ser um projeto que acontece diariamente, fotografar o pôr do sol acaba envolvendo todo um processo. são dias e dias e dias, alguns dias as coisas não fluem, em outros tudo acontece em perfeita harmonia. é bem legal conseguir reparar muito mais nisso agora e perceber que algumas coisas realmente levam tempo. é um grande aprendizado de saber respeitar o momento, tanto do céu quanto o meu próprio.

uma foto para cada ano do projeto


o depois das seis. passou por muitas mudanças ao longo desses anos todos - desde quando o projeto não tinha nem nome e eram só polaroids algumas guardadas num armário sem quase ninguém saber da existência delas até chegar em como as coisas são hoje, onde transformo as fotos em bordados, cadernos e lambes levando cor para outras pessoas também.


é uma troca muito linda que existe com o projeto, com as outras pessoas, com gente que gosta de tudo isso e com gente que não entende muito bem também. acho que tudo é muito sobre aprender a reparar nas pequenas coisas, a levar a vida de um jeito mais leve e colorido mesmo no meio do caos da cidade em que vivemos, mesmo com os problemas, mesmo que as coisas não fluam do jeito que a gente esperava.

representação dos formatos que já foram utilizados no depois das seis.


são mais de 2191 dias olhando para o céu todos os dias e 1984 espalhando céu pelos muros. foram muitas fases e muito aprendizado com tudo o que já aconteceu até aqui e eu sou muito grata por tudo isso, por ver que tem gente que acompanha o projeto desde 2013, bem o comecinho de tudo mesmo, e que acredita nas pequenas coisas, que, no fundo, são tão grandes. acho que boa parte do motivo de ter continuado até aqui é por saber que eu não sou a única olhando pro céu e tentando encontrar beleza no meio de tudo isso,


meu desejo pro depois das seis. é bem simples: que continue trazendo cor mesmo nos dias cinzas e que as trocas continuem. a jornada até aqui foi bem bonita e espero que continue sempre assim, mesmo que vezemquando as coisas não sejam tão fáceis assim.


seis anos merece um vídeo, né?! então junto com a filmagem e edição da tascha, a gente criou esse stop motion lindo, vem conferir:




  • facebook
  • instagram
  • youTube
  • email